Débora Rubin

Nascida em São Paulo, é formada em jornalismo pela PUC-SP. Com passagem por veículos como Estadão, Valor, Época e Isto é, hoje atua como jornalista freelancer.

 

Em 2012, lançou seu primeiro livro, o infantil A Horta do Vovô Manduca, e em 2014, seu primeiro romance Eu só queria ser uma mulher normal.

Pela Dialogar, organizou e preparou o texto do livro Somos todos paliativos: a história inspiradora de uma oncologista com câncer, da autora Adriana Santini.